Fernanda Goucher

Meu universo em arte

Textos



( Foto tirada do Google )

Vício
 
O que se foi! O que já era! O que não era!
O intelecto preso a um universo distante,
onde os sonhos, estão perdidos na espera.
O vício que grita! E da mente, é residente!
 
A mãe que reza e chora a sua cria perdida,
e que se questiona! Onde pode ter errado.
Vazio! O alimento cotidiano de uma vida,
sem objetivos, que para muitos é um fardo.
 
Trancado, acuado, vagando em seu mundo,
um ser viaja para o abismo que é seu vício.
Vivendo seu dia a dia como um moribundo.
 
E assim vai este ser, nesta corrida para trás,
onde tudo é negativo, onde nada acrescenta.
Para quem sabe um dia! Ele termine em paz!
Fernanda Goucher
Enviado por Fernanda Goucher em 11/06/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras