Fernanda Goucher

Meu universo em arte

Textos



( Foto tirada do Google )

A morte do Brasil
 
Um ódio doentio está vencendo a razão,
cegando, corrompendo! Que decepção!
O anjo do mal arrasta as multidões,
num abismo onde diz estar as soluções.
 
Grito minha dor! Chora meu coração!
Aonde foi parar! O amor desta nação.
Já não existe compaixão, nem perdões,
Varreu-se a humanidade com palavrões.
 
Empunhando armas, dominando a canção,
que fala de paz! Não quero guerra não!
Eles respondem: nós temos nossas razões,
confundidos seguem, erguendo seus facões.
 
Meu Brasil morreu! Foi levado num caixão,
cheio de raiva e rancor, pela sua população.
O Deus maligno veio e tomou os corações,
com suas manobras, sua hipocrisia e seus canhões.
Fernanda Goucher
Enviado por Fernanda Goucher em 13/10/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras