Fernanda Goucher

Meu universo em arte

Áudios

O FIM
Data: 03/06/2014
Créditos:
Autoria: Fernanda Goucher
Narração: Fernanda Goucher (2014)
Música: Somewhere in time ( Instrumental )
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


( Foto tirada do Google )

O fim

 
Em apenas poucos minutos, em meio à canção,
o fim que fez doer, dilacerando o meu coração.
O basta já esperado, mas não tão bem aceito,
pelo meu egoísmo, pela minha incompreensão.
 
Varria a noite quente, a chuva forte e destemida,
lavando os pecados do ser doente, em sua agonia.
Sentia já o vazio, que se instalava no meu peito,
e um futuro assustador, pelo meu amor desfeito.
 
Encolhida na cama, me enrolando num cobertor,
como buscando sua proteção para a dor sentida.
As lágrimas rolando, molhando o lençol de cor,
num desabafo sincero, lamentando, entristecida.
 
Um ser valente, que para tão frágil, se transforma,
pela perda, pelo medo da solidão, pelo sofrimento.
O orgulho também ferido, corrompendo sua alma,
que confusa, busca uma resposta com fundamento.
 
Como num redemoinho, me sinto levada e varrida,
desaparecendo do mundo, que já não tem sentido.
Pelo menos neste momento, sei que sou um nada,
mas com o  tempo renascerei, vencendo o ocorrido.
 
No silêncio com meus soluços, eu tentarei dormir,
para esquecer o acontecido, e para não sofrer mais.
No dia seguinte, o sol me dará forças para assumir,
que a vida tem que continuar, que sou forte e capaz!

( Esta poesia é uma obra de ficção ) 
Enviado por Fernanda Goucher em 22/03/2014

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras